quinta-feira , 3 de dezembro de 2020

Base Treina Profissionais para Atuar em UTI de Covid-19

Preparação vai dar mais segurança aos pacientes e evitar contágio dos colaboradores

Mais de cem profissionais de saúde do Hospital de Base, finalizaram, nesta terça (16), uma semana de treinamento para atuar nas UTIs com pacientes acometidos pela Covid-19. Enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas – todos com formação e tempo de atendimento nas unidades de saúde – se preparam, agora, para evitar ao máximo, o contágio ao lidar com pacientes graves.

Como a Covid é uma doença nova e altamente contagiante. Por isso, segundo o diretor-presidente do Instituto de Saúde (Iges-DF), Sergio Costa,foram estabelecidos protocolos e procedimentos específicos para lidar com a nova situação. Os treinamentos dentro das UTIs, segundo o diretor, servem exatamente para proteger os colaboradores e dar mais segurança ao paciente.

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

Sérgio Costa lembra que essa preparação dos profissionais é mais uma medida tomada pela rede de saúde pública, seguindo orientações do governador Ibaneis Rocha, “para que o combate à Covid-19 seja eficaz e eficiente e aconteça da maneira mais segura possível para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus”.

“A primeira barreira que a gente rompe é a do medo” afirma Luanna Camaro, chefe do serviço de enfermagem das UTIs e responsável pelo treinamento da equipe. Depois, cria-se um vínculo de confiança entre todos, porque ninguém atua sozinho dentro de uma UTI.” É um trabalho em grupo cujo melhor resultado está em dar alta ao paciente e mandá-lo de volta pra casa”, reforça.

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

Todos fazem e refazem os cuidados mais de uma vez. Tudo começa na paramentação. Limpeza das mãos, máscaras, óculos, touca, máscaras Face Shield, luvas, capotes amarrados para trás, e mais uma luva. Depois tudo se repete no sentido inverso com muito mais cuidado porque os equipamentos já poderão estar contaminados.

Juliana Alves é fisioterapeuta com longo tempo dentro de UTI. Para ela a novidade é a possibilidade de contágio. E por isso acredita que os treinamentos são importantes.

Brenda Nunes, técnica de enfermagem, diz que já trabalha com pacientes da Covid e considera importante aprender o manejo correto do paciente e a maneira certa de ajustar os equipamentos com segurança. “O treinamento nos garante isso”, conclui.

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA * 
Com informações do Iges-DF

 

Leia também

 

 

CONTATO
ANTENADOS@ANTENADOS.COM.BR

(61) 98649-0522