sábado , 2 de julho de 2022

Começa a formação de mais 51 policiais militares

O curso, teve duração de três anos, já foi entregue a documentação e efetuada a realização da matrícula

Seguindo protocolos de segurança sanitária – que inclui o distanciamento mínimo e uso obrigatório de máscaras e álcool gel –, os convocados para a 25ª turma do Curso de Formação de Oficiais, da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), se apresentaram na Academia da Polícia Militar de Brasília (APMB), localizado no Setor Policial Sul, nesta terça-feira (1º).

“Conseguimos finalizar mais um ano com recorde de redução criminal. A redução desses dados está diretamente ligada ao esforço diário de nossos profissionais” Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública do DF

Ao todo, 51 alunos – sendo 42 homens e nove mulheres –, compareceram para entrega de documentação, realização de matrícula e orientações para a formação, que começa na próxima quinta-feira (3). A convocação dos alunos foi publicada no Diário Oficial do DF (DODF), na última quarta-feira (26).

A duração prevista do curso é de três anos, período em que receberão instruções teóricas e atividades práticas para capacitação à função de oficial da PMDF. As disciplinas abrangem várias áreas do conhecimento, como direito, administração pública, pessoal, financeira e orçamentária, além das disciplinas próprias da carreira, como policiamento ostensivo, tiro, defesa pessoal e outras.

Para o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo, a recomposição dos quadros é essencial para que as reduções criminais continuem. “Conseguimos finalizar mais um ano com recorde de redução criminal. Em 2021 tivemos o maior número de vidas poupadas em 45 anos, superando, assim, recordes já atingidos em 2019 e 2020, quando registramos as menores taxas de homicídios dos últimos 35 e 41 anos, respectivamente. A redução desses dados está diretamente ligada ao esforço diário de nossos profissionais”, ressalta.

“Pouco mais de dois terços já são militares pertencentes ou à PMDF ou ao Corpo de Bombeiros do DF, que migram de carreira de praça para oficial com o curso de formação, o que é uma oportunidade de já contarmos com policiais qualificados” Márcio Vasconcelos, comandante-geral da PMDF

“Contamos com o apoio do governador Ibaneis Rocha, que sempre tem um olhar especial para a segurança pública, sem poupar esforços e garantindo investimentos para a área”, completa.

Parte dos convocados já faz parte da PMDF, como explica o comandante-geral da corporação, coronel Márcio Vasconcelos. “Pouco mais de dois terços já são militares pertencentes ou à PMDF ou ao Corpo de Bombeiros do DF, que migram de carreira de praça para oficial com o curso de formação, o que é uma oportunidade de já contarmos com policiais qualificados e que só vão agora passar por uma nova formação para mudança de carreira”, explica.

Para Vasconcelos, a chegada de novos policiais é sempre benéfico para a instituição. “Estamos muito satisfeitos com o ciclo de formações, que devem continuar, o que é importante para a perenidade da instituição e a renovação das características que fazem parte da PMDF, uma instituição com tantas frentes de atuação. A chegada de novos integrantes é importante para a renovação de ideias e de propósitos dentro dos eixos de atuação da instituição. Agradecemos ao governador Ibaneis e a todos envolvidos no chamamento dos novos policiais”, relata.

Oficialato

O oficial é responsável pela administração da corporação e seu desenvolvimento, além do planejamento, implementação e fiscalização das atividades de policiamento ostensivo e preventivo e das operações policiais militares.

“O ingresso desses futuros oficiais e gestores da PMDF proporcionará a prestação de um melhor serviço à comunidade, no que diz respeito à manutenção e preservação da ordem pública e prevenção criminal, trazendo à população maior segurança e sensação de bem-estar em todo o Distrito Federal”, finaliza o chefe de Gestão de Pessoal da PMDF, coronel Klepter.

*Com informações da SSP-DF

CONTATO
ANTENADOS@ANTENADOS.COM.BR

(61) 98649-0522