sexta-feira , 24 de junho de 2022

Comissão Da Vacina Vai Convidar Secretário De Saúde Para Tratar Do Plano Distrital De Vacinação

Os membros da Comissão aprovaram ainda ofícios em prol das categorias dos rodoviários e metroviários

Os membros da Comissão aprovaram ainda ofícios em prol das categorias dos rodoviários e metroviários

Foto: Reprodução/TV Web CLDF

Em sua décima reunião extraordinária, na tarde desta quinta-feira (8), a Comissão Especial da Vacina da Câmara Legislativa aprovou convite ao secretário de Saúde do DF, Osney Okumoto, e ao subsecretário de Vigilância em Saúde, Divino Valero, para participarem de audiência pública sobre a execução do plano distrital de vacinação contra Covid-19. A expectativa é que o encontro aconteça já na próxima semana.

Conforme explicou o presidente do colegiado, deputado Fábio Felix (PSOL), o objetivo é ter um balanço do cenário de imunização no DF, bem como conhecer os próximos passos e expectativas. O distrital disse estar preocupado com a falta de planejamento para a segunda dose da vacina, a chamada D2, e com o andamento da imunização dos idosos.“Defendemos a entrada de uma série de categorias prioritárias, mas é preciso concluir, pelo menos, a vacinação dos idosos. A secretaria precisa fazer um esforço concentrado para os maiores de 60 anos e, aí, abrir para os outros segmentos”, apontou Félix.

O relator da Comissão da Vacina, deputado Delmasso (Republicanos), foi favorável à audiência pública com os responsáveis pelo plano distrital de vacinação e relatou ter participado de uma reunião “promissora” com a União Química – responsável pela fabricação da vacina russa Sputnik V no Brasil. “Se a Anvisa agilizar a análise, logo teremos mais uma vacina”, disse.

Também presente à reunião desta quinta, o deputado João Cardoso (Avante) pediu “desburocratização” por parte da agência reguladora, “para acabar com o sofrimento da população”.

Rodoviários e metroviários

A Comissão da Vacina aprovou, ainda, ofícios em prol de rodoviários e metroviários, “pela alta exposição ao vírus em virtude de suas atividades”. Um deles, endereçado ao Ministério da Saúde, solicita a inclusão dessas categorias nos grupos prioritários da vacinação; e outro, para a Secretaria de Mobilidade, trata da distribuição regular de máscaras de proteção e álcool em gel 70% para aqueles trabalhadores.

Denise Caputo – Agência CLDF

CONTATO
ANTENADOS@ANTENADOS.COM.BR

(61) 98649-0522