sexta-feira , 22 de outubro de 2021

Começa Campanha De Vacinação Antirrábica De Cães E Gatos

Veja onde levar seu cão ou gato para vacinar esta semana

A campanha anual de vacinação antirrábica começou no Distrito Federal. Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis acima de 3 meses de idade. A partir desta quinta-feira (19), até o dia 21 de agosto, diversos pontos funcionarão das 9h às 16h nas regiões de Arniqueira, Vicente Pires e Águas Claras. A lista com os pontos será atualizada semanalmente no site da Secretaria de Saúde.

Veja onde vacinar seu pet até o próximo sábado:

A vacinação também ocorre nos núcleos de Vigilância Ambiental, durante todo o ano. A Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) alerta ser importante o proprietário do animal guardar e levar a caderneta de vacinação para melhor controle da situação vacinal do pet, que deve ocorrer anualmente. A campanha de vacinação antirrábica, ocorrerá até o final do mês de novembro em todas as regiões do DF.

A doença

A raiva é uma doença infecciosa aguda transmitida por meio da mordida, arranhadura ou lambidas de animais contaminados. Trata-se de uma zoonose – doença que pode ser transmitida do animal para o homem. O vírus se concentra em maior quantidade na saliva, sangue e secreções dos animais acometidos pela doença.

O animal contaminado mostra reações da doença entre 10 e 60 dias. Os sintomas da raiva no animal são:

– Excitação;
– Agressividade;
– Medo;
– Depressão;
– Ansiedade e demência.

A morte do animal acontece entre cinco e sete dias após a apresentação dos sintomas. Cabe informar que não são apenas cães e gatos que podem transmitir a doença. Bois, vacas, coelhos e morcegos também são transmitem da raiva.

A campanha de vacinação antirrábica, ocorrerá até o final do mês de novembro em todas as regiões do DF | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Seres humanos

O vírus é quase 100% letal para os seres humanos. A doença atinge o sistema nervoso central da pessoa infectada, ocasionando uma encefalite (inflamação no cérebro que causa inchaço) o que pode levar a óbito em poucos dias. A pessoa que for exposta ao vírus deve lavar o ferimento imediatamente com água e sabão e procurar o posto de saúde o mais breve possível para tomar o soro, a vacina não tem contraindicação.

Os sintomas do vírus em humanos podem aparecer entre um e três meses após a contaminação, mas, isso não é uma regra. Alguns sintomas da doença são:

– Alterações de comportamento – confusão mental, desorientação, agressividade, alucinações;
– Espasmos ao sentir agua ou vento – hidrofobia;
– Mal-estar geral;
– Aumento de temperatura;
– Náuseas e dor de garganta.

O período de evolução do quadro clínico é, normalmente, de dois a sete dias.

Para os seres humanos, em caso de mordida de animal com suspeita ou confirmação da doença, a orientação é buscar atendimento no hospital regional mais próximo onde será avaliado e poderá receber a vacina antirrábica aplicada em humanos.

No Distrito Federal, o último caso notificado de raiva humana ocorreu há mais de 40 anos (1978). Em gatos, o último registro foi em 2001, e em cães no ano 2000.

*Com informações da Secretaria de Saúde

CONTATO
ANTENADOS@ANTENADOS.COM.BR

(61) 98649-0522