sexta-feira , 22 de outubro de 2021

Curso Ensina Como Produzir E Vender Hambúrguer Artesanal

No Centro de Formação da Emater-DF, produtoras rurais aprendem técnicas de elaboração e comercialização e se animam com o potencial mercado do produto

Hambúrgueres artesanais vegetariano, de carne, frango, peixe e também suíno foram temas do curso presencial realizado pelo Centro de Formação Tecnológica e Desenvolvimento Profissional (Cefor) da Emater-DF. Produtoras rurais de São Sebastião e de Ceilândia, atendidas pela empresa, participaram da formação nesta quarta-feira (21) e saíram animadas com a possibilidade de comercialização dos produtos.

Voltado a produtoras rurais de São Sebastião e de Ceilândia, o curso de hambúrgueres foi o primeiro presencial no Centro de Formação da Emater-DF desde o início da pandemia | Fotos: Divulgação/Emater-DF

Além de técnicas sobre o ponto ideal, tipos de carne e temperos, elas aprenderam a fazer molhos especiais, como barbecue e maionese caseira temperada, questões sobre a história da comida e dicas importantes de comercialização. O Cefor oferece cursos diversos para produtores rurais com objetivo de profissionalizar, formar e despertar o empreendedorismo rural, mostrando meios de geração de emprego e renda no campo.

“Sou produtora de bovinos, suínos e peixes e pretendo dar melhor aproveitamento aos meus produtos, além de arrumar mais uma fonte de renda” Kellyane Valadares, produtora rural de Ceilândia

Moradoras de áreas rurais de Ceilândia, Antonia Gonçalves, 71 anos, pretende fazer hambúrgueres no quiosque onde trabalha; Débora Inez, 19 anos, diz ter despertado o interesse pela culinária; e Kellyane Valadares, 37 anos, afirmou que vai fazer carne de hambúrguer para comercializar. “Sou produtora de bovinos, suínos e peixes e pretendo dar melhor aproveitamento aos meus produtos, além de arrumar mais uma fonte de renda”, acrescentou.

Desde que começou a pandemia, os cursos do Cefor estavam suspensos. Com número reduzido de participantes e atendendo todas as medidas de prevenção à covid-19, essa foi a primeira turma presencial. Instrutor do curso, Flávio Bonesso afirma que estava ansioso pelo retorno dos encontros presenciais.

“Gosto desse contato, a gente ensina e aprende. Deu tudo certo, a turma é participativa e o resultado foi perfeito”, destacou. De acordo com ele, os cursos na Emater-DF estão com uma nova roupagem e com a missão de capacitar a mão de obra do campo, não só da agroindústria, mas de áreas como a veterinária e a agrícola.

Técnicas sobre o ponto ideal, tipos de carne e temperos, molhos especiais, história do hambúrguer e dicas de comercialização fizeram parte do conteúdo da capacitação

“O Cefor está com essa missão de abrir o leque e vai vir bastante coisa interessante por aí, nos próximos dias. A intenção é trazer os produtores para dentro do campo novamente e capacitar também os jovens, para que eles consigam se desenvolver produzindo mais e melhor”, ressaltou.

Produtoras rurais de São Sebastião, Raimunda Ribeiro, 46 anos, Alana da Silva, e Dayane de Oliveira, 31 anos, estão empolgadas com a experiência. Dayane, por exemplo, está abrindo um empório e quer oferecer variedades. “Eu aprendi o que eu mais queria, que era o hambúrguer de grão de bico, para fazer para os meus clientes veganos e vegetarianos. Eles relatam muitas dificuldades para encontrar produtos”, disse.

Novos cursos já estão agendados. No dia 4 de agosto será realizado o curso de linguiças artesanais. Já nos dias 10 e 12 de agosto, haverá outro sobre hambúrguer artesanal, voltado para produtores no núcleo rural Rio Preto.

*Com informações da Emater-DF

CONTATO
ANTENADOS@ANTENADOS.COM.BR

(61) 98649-0522